UNIEDFCAST #14 Basquetebol

Bom dia, boa tarde, boa noite! No episódio #14 do UNIEDFCAST, falamos sobre a história do basquete, seus objetivos, a evolução do esporte, basquete no Brasil, regras básicas, curiosidades e como abordar o conteúdo nas aulas de educação física.

Segue abaixo o resumo e os links para nossas redes sociais. Bons estudos!

 

O basquetebol foi criado em 1891 pelo professor de educação física James Naismith, em Massachusetts, na cidade de Springfield. Por causa do inverno rigoroso que restringia a maioria dos esportes em lugares abertos e as atividades físicas em lugares fechados se limitavam a aulas de ginástica que pouco estimulava os alunos, houve a necessidade de criar um esporte que não fosse agressivo e que pudesse ser disputado tanto em quadra quanto em lugares abertos, Naismith decidiu que teria que ser jogado com as mãos e que a bola não poderia ficar retida por muito tempo, para evitar o contato físico. Ele optou por pendurar o alvo a 3,05m, pois já existia esportes em que o alvo ficava no chão, como o golfe e o hóquei.
Logo quando foi criado, o basquete era jogado com 9 jogadores e depois começou a ser praticado com 5 pessoas. A cesta que valia 1 ponto, passou a valer pelas distâncias de 1, 2 e 3 pontos. Os jogadores não poderiam conduzir a bola driblando, como ocorre atualmente. O alvo eram cestas de pêssego e não possuíam furos, então, quando o ponto fosse marcado durante o jogo, alguém teria que subir em uma escada para retirar a bola. Por causa do trabalho que dava, depois de um tempo foi feito um furo na cesta.
Augusto Shaw foi o responsável por trazer o esporte para o Brasil. Inicialmente, houve uma dificuldade da adesão do basquete por parte dos homens, pois, além do futebol também recém-chegado, o basquete não tinha contato físico e foi atrelado a ‘jogo de mulheres’.
O Brasil foi o 5º país a praticar o basquetebol e as primeiras regras do esporte para o Brasil foram traduzidas em 1915. O primeiro campeonato oficial foi em 1919 e em 1922 foi convocada a primeira seleção nacional para disputar um torneio junto com Uruguai e Argentina onde o Brasil sagrou-se o primeiro campeão desse torneio.
A medida máxima da quadra de basquete é de 28m de comprimento e 15m de largura e a mínima é de 26m de comprimento por 14m de largura. A área do arremesso que vai determinar se a cesta valerá 3 ou 2 pontos, mede 6,25. A altura da tabela mede 2,90m do solo e a cesta 3,05m.
Uma partida pela FIBA dura 40 minutos, com 4 tempos de 10 minutos e pela NBA, 48 minutos com 4 tempos de 12 minutos. Do segundo para o terceiro tempo há uma pausa de 15 minutos. Entre o 1° e 2° tempos e 3° e 4°, a pausa é de 2 minutos. A partida é supervisionada por 3 árbitros, e inicia a partir da disputa da bola por um atleta de cada equipe após o lançamento da mesma para cima por um dos árbitros.
Possui 3 tipos de pontuações: 1 ponto quando é lance livre, 2 pontos quando é um arremesso de dentro da área e 3 pontos quando o arremesso é de fora da área.
Quando um atleta faz uma cesta de dentro da área e sofre uma falta, ele terá 2 pontos mais um lance livre, se a cesta for de fora da área, terá 3 pontos mais um lance livre.
A bola só pode ser conduzida com as mãos e é proibido caminhar com ela em mãos por mais de 2 passos. A partir disso, o deslocamento tem que ser feito com quiques contínuos. É permitido ao jogador cometer no máximo 5 faltas, depois disso, ele é eliminado da partida. Na NBA o máximo são 6 faltas. Não é permitido executar 2 dribles consecutivos.
Também há a regra dos 5 segundos (tempo máximo pra um jogador segurar a bola com as duas mãos sem quicar), a regra dos 3 segundos no garrafão, dos 8 segundos para sair da zona de defesa quando a equipe está com a posse de bola, e dos 24 segundos para a equipe que está com a posse de bola arremessar a cesta.
Os passes do basquete são: passe de peito, picado/quicado, passe por cima da cabeça com as duas mãos, passe por baixo com as duas mãos, passe por baixo com uma mão, passe de ombro e gancho. Os dribles podem ser baixos e altos. Os arremessos são basicamente 6: de bandeja, arremesso estático com as duas mãos, arremesso com as 2 mãos em cima da cabeça, arremesso com 1 mão por cima da cabeça, gancho e arremesso com jump.
A confederação brasileira de basquete foi fundada em 1941 e com isso temos o NBB (Novo Basquete Brasil), fundado em 2009 e tem como maior campeão o flamengo. Nos EUA o mais conhecido é a NBA (National Basketball Association), fundada em 1947 e tem como principal campeão o Boston Celtics, com 17 títulos.
Como campeões brasileiros temos o Leandrinho, Varejão e Tiago Splitter.
Muitas escolas públicas não dispõem de espaço e/ou materiais adequados para trabalhar os diversos esportes na escola. O professor, na maioria das vezes tem que adaptar suas aulas às situações. Uma das formas de trabalhar o basquete é através de jogos como o mini basquete, que são jogos adaptados para crianças, colocar cestos como alvo e ir acrescentando regras aos poucos para as crianças irem desenvolvendo as técnicas do basquete. No ensino médio, deve-se trabalhar com um jogo mais sistematizado, com teoria e prática de forma mais complexa. O professor deve garantir que o aluno compreenda e apreenda as técnicas e táticas do basquete, como formação de defesa e ataque, que são os sistemas de jogo.


Esse projeto faz parte do projeto de extensão “Conteiner saúde: Laboratório de ideias e inovações” do centro acadêmico de Vitória/ UFPE, coordenado pelo professor Luiz Miguel Picelli Sanches (luiz.sanches.ufpe@gmail.com).

Página no Facebook: https://www.facebook.com/Uniedfcast-2093344130912335/

Canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCN-aTJr1os3a7-PrBe7W2qg

Instagram: https://www.instagram.com.br/uniedfcast/

Email para contato: universoedfcast@gmail.com